Multimídia
[Agosto indígena] PODCAST: Vozes que Vale(m)!

[Agosto indígena] PODCAST: Vozes que Vale(m)!

O mês de agosto será crucial para o futuro do Brasil – e do mundo, quem sabe. Não um futuro distante, desses de ficção científica, mas um futuro real, tão básico e imediato quanto acordar um dia após outro e ter a certeza de que haverá oxigênio pra respirar e água...

ACMP CELEBRA MAIS UM FRUTO DA SUA LUTA

ACMP CELEBRA MAIS UM FRUTO DA SUA LUTA

Esperar para o povo de Piquiá nunca foi uma opção! Antes do início das obras do reassentamento Piquiá da Conquista, em novembro de 2018, a Associação das Moradoras e Moradores de Pequiá (ACMP), buscou dialogar com os governos estadual e municipal para que haja a...

[Comitê Mineração] Cava: mineração em debate

[Comitê Mineração] Cava: mineração em debate

O Cava tem como objetivo contribuir para um debate crítico sobre o modelo mineral brasileiro. Ele é uma parceria entre o Comitê em Defesa dos Territórios frente à Mineração, a Rede de Pesquisa Rio Doce, o Grupo de Pesquisa Terra e o Centro de Referência em Direitos...

Documentário Não Vale a Pena

O documentário “Não Vale a Pena” representa um esforço coletivo com vistas à denúncia das violações de direitos pela mineração, a partir das perdas e sofrimentos causados pela destruição das águas, como também um manifesto de indignação frente às seguidas tragédias,...

Oficina de música populares – Formação Política

A Formação Política é realizada pela rede Justiça nos Trilhos em parceria com o GEDMMA/UFMA, de São Luís. A formação reuni comunidades impactadas pelo corredor de Carajás e promove trocas de experiências entre elas, fortalecendo laços e contribuindo com formação...

“No quilombo quem manda é Iemanjá”

“No quilombo quem manda é Iemanjá”

https://soundcloud.com/user-118292786/as-agua-de-sao-paulo-balanceou Maria Dalva Pires Belfort é quilombola do Território Santa Rosa dos Pretos. Ela é filha de santo e seexpressa lindamente pela música. Neste samba ela fala da importância da água para além de saciar a...

“As Mãe D’Água são movida pela Mãe Natureza”

“As Mãe D’Água são movida pela Mãe Natureza”

Maria Dalva Pires Belfort é quilombola de Santa Rosa dos Pretos, Itapecuru-Mirim, Maranhão. Ela sabe, pela sua ancestralidade africana e sua relação profunda com a terra, que o território quilombola onde vive tem dono. São os Encantados, seres espirituais que vivem...

Notícias recentes

Dona Máxima Pires, a Guardiã da Natureza e das Comunidades Tradicionais, deixa um legado de resistência

No último dia (13), data dedicada a Santa Luzia, a comunidade de São Luís (MA) e as organizações populares que compõem o Movimento de Defesa da Ilha, os grupos de ativistas ambientais e dos direitos humanos choraram a perda de uma de suas principais lideranças, Dona Máxima Pires. Seu nome, que ecoa como um grito de resistência, está intrinsecamente ligado à luta contra a especulação imobiliária e a defesa das comunidades tradicionais na Ilha de Upaon-Açú.

Reconhecida com o Prêmio Direitos Humanos e Empresas em 2018, a Justiça nos Trilhos atua desde 2007 no fortalecimento de comunidades no Corredor Carajás denunciando violações dos direitos humanos e da natureza.

Todos os conteúdos do site www.justicanostrilhos.org são sob licenciamento Creative Commons. Os conteúdos podem ser baixados e compartilhados desde que atribuam o crédito sem alterá-los de nenhuma forma ou utilizá-los para fins comerciais.