Desastre de Mariana era evitável

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016
40 visualizações

Em uma matéria de aprofundamento, com diversas entrevistas e contribuição da rede Justiça nos Trilhos, a revista eletrônica SNL Financial (“Serviços para Negócios Inteligentes”) denuncia ao mundo dos investidores financeiros as contradições e supostas responsabilidades das empresas Vale S.A. e BHP Billiton pelo rompimento da barragem de rejeitos da Samarco.


1929167_1230425666983986_8337412149961545292_n.jpgEm uma matéria de aprofundamento, com diversas entrevistas e contribuição da rede Justiça nos Trilhos, a revista eletrônica SNL Financial (“Serviços para Negócios Inteligentes”) denuncia ao mundo dos investidores financeiros as contradições e supostas responsabilidades das empresas Vale S.A. e BHP Billiton pelo rompimento da barragem de rejeitos da Samarco.

SNL Financial é fornecedor de notícias, informações financeiras e análises de pesquisadores sobre os principais setores de negócios da economia global. Assessora os investidores, instituições financeiras e managers das maiores corporações multinacionais. [Leia a matéria integral, traduzida em português.
->http://www.justicanostrilhos.org/IMG/pdf/desastre_mariana_-_artigo_sln_financial_com_entrevista_danilo.pdf]
No Brasil, o Fantástico denunciou também, durante o programa de domingo, 17 de janeiro de 2016, as graves contradições e responsabilidades pelo que podemos considerar um verdadeiro crime ambiental. Veja a matéria exibida no Fantástico.

Foto: Comitê em Defesa dos Territórios Frente à Mineração

0 Comentários

Deixe o seu comentário!