Cartilha “Que Trem é esse?”

segunda-feira, 9 de junho de 2014
277 visualizações

 

sem_titulo-5.jpgVocê já escutou falar na Rede Justiça nos Trilhos? Então, a Rede Justiça nos Trilhos nasceu no final de 2007 por iniciativa dos Missionários Combonianos para lutar contra os problemas causados pelas operações da Vale e das empresas que dela dependem nos Estados do Pará e Maranhão. Por que a necessidade da criação de uma Rede chamada Justiça nos Trilhos?

Em seus trabalhos nas comunidades ao longo dos trilhos da Estrada de Ferro Carajás, os missionários combonianos junto com outros parceiros da luta social perceberam o sofrimento do povo: fome, exploração do trabalho infantil, trabalho escravo, problemas de saúde causados por poluição, violência, prostituição, muitos atropelamentos na linha do trem, desmatamento, entre outros. Conversando com o povo para tentar saber o que estaria causando todos esses problemas, entenderam que eles começaram com a chegada da Vale na região, na década de 1980.

Conhecidos os problemas e suas causas, o que fazer? Foi aí que um grupo de cidadãos, movimentos sociais, pastorais, associações, núcleos universitários, organizações não governamentais se juntaram com a finalidade de apoiar o povo em sua luta, formando a Rede Justiça nos T rilhos. Uma das prioridades dessa Rede é assessorar as comunidades. Por isso nasceu esta cartilha que tem por finalidade:

1.Divulgar informações sobre os incômodos, danos e conflitos causados nas comunidades pela Vale.

2. Orientar as comunidades sobre como se organizarem para não serem enganadas pelas promessas da empresa e acabarem sofrendo ainda mais.

3.Partilhar experiências positivas de comunidades ou pessoas que lutaram e conseguiram manter seus direitos garantidos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!